Melhor celular custo benefício 2019

Ao longo de 2019 tivemos inúmeros lançamentos de smartphones, dentre os produtos que chegaram no mercado brasileiro, o escolhido para representar um aparelho com o melhor custo benefício para esse ano, foi o da marca chinesa, o Xiaomi Pocophone F1, lançado no Brasil em março deste ano.  Suas configurações competem com os celulares da mesma categoria e seu preço é muito abaixo de qualquer um dos concorrentes premium.

O aparelho vem equipado com um processador de ponta, o Snapdragon 845 da Qualcomm, com oito núcleos e velocidade de até 2,8 GHz, pensado para rodar jogos ou apps muito pesados e ter uma ótima performance no dia a dia, conta com mais 6GB de memória RAM e 128GB de armazenamento, com a possibilidade de expansão através de um cartão de memória microSD, mas o usuário terá que abrir mão de usar um segundo chip.

Aliada as ótimas configurações de performance, a marca chinesa adicionou ao aparelho uma bateria de 4000mAh, garantindo ao Xiaomi Pocophone F1 uma ótima autonomia de uso. O celular também possui o sistema de recarga rápida e segundo a própria fabricante “fornece energia suficiente para 30 horas de chamadas ou 146 horas de reprodução de áudio com uma única carga”.

Pocophone

A tela de 6.1 polegadas tem resolução Full HD+ (2246×1080), aliada a tecnologia IPS LCD no painel, produzindo imagens nítidas e com ótima qualidade. Esse é um ponto de atenção para o modelo chinês, ele se diferencia de seus concorrentes da mesma categoria, que normalmente possuem display AMOLED.

O Pocophone F1 é totalmente revestido de plástico e por isso, aparenta ser um aparelho simples e de categoria inferior, a única parte metalizada é a divisão central do notch, que possui uma chapa de metal para proteção do alto-falante principal, há também uma opção mais cara com traseira em Kevlar.

No noth, o corte no topo da tela, além da câmera para selfies, está o alto-falante, sensores e a câmera infravermelho. A qualidade sonora do aparelho também é boa, devido aos dois alto-falantes presentes. Sua potência, consegue competir com alguns rivais mais caros.

As configurações das câmeras não surpreendem, ficam dentro do aceitável em relação a alguns concorrentes que possuem câmeras de configurações mais potentes. Entretanto, são lentes de qualidade suficiente para atender as necessidades dos usuários não profissionais, sendo possível ter fotos de alta qualidade facilmente. Na parte traseira do smartphone estão as duas lentes principais, sendo a primeira de 12mp e a segunda de 5mp, com aberturas de f/1.9 e f/2, respetivamente. Na parte da frente do celular, posicionada dentro do notch, está a câmera 20mp, apesar de contar com apenas um sensor, o Pocophone F1 também oferece o modo retrato com a frontal. Em cenários com pouca luz é onde a câmera pode deixar a desejar. Dependendo do cenário, a falta de estabilização óptica faz com que as fotos saiam um pouco desfocadas. Além disso, a imagem pode ter um nível muito alto de ruídos.

O conjunto de câmeras também permite gravar vídeos em resolução 4K com 30 quadros por segundo (qps) a uma resolução de 3840×2160 pixel, o que gera vídeos com uma boa qualidade de nitidez, entretanto, por falta da estabilização, as cenas aparecer com alguns tremidos durante a gravação.

O Pocophone em 2019, se tornou o queridinho dos brasileiros. Se por um lado, ele entrega um design básico e câmeras que até registram boas fotos e vídeos, mas com suas limitações. Por outro, ele conquista com a sua tela de qualidade, som potente, alto desempenho e bateria para o dia inteiro, além de ser o modelo com Snapdragon 845 mais barato no Brasil.

Veja Também: