Celulares mais inacreditáveis que existem

Para a inovação, a criatividade é o limite. Longe dos holofotes da massa, são criados e testados celulares cada vez mais diferentes, futurísticos e tecnológicos. Deixando claro que o futuro já chegou.

Listamos abaixo cinco exemplos de produtos que ganharam destaque na categoria de celulares mais inacreditáveis.

ZTE HAWKEYE

ZTE HAWKEYE

Criado para um concurso cultual da ZTE, empresa que também fabrica smartphones, esse modelo de celular ficou em primeiro lugar na votação entre os internautas para a escolha da produção de um smartphone pela marca. Após a votação, em janeiro de 2017, a empresa chinesa criou uma campanha de financiamento coletivo para começar a produção do aparelho.

À primeira vista ele parece um celular comum, com um design nada inovador, mas ele se destaca por ter uma função incrivelmente curiosa: é possível mexer no smaprtphone sem usar as mãos.

O ZTE Hawkeye pode ser mexido usando apenas o movimento dos olhos. O celular foi programado para rastrear a direção do olhar do usuário, a ideia é que o celular entenda o que o usuário quer executar sem nenhum toque. Outro diferencial é poder fixar o aparelho em qualquer superfície horizontal, por conta de uma capa especial que vem junto com o smartphone.

Infelizmente, a campanha de financiamento coletivo para arrecadar dinheiro não conseguiu bater a meta de meio milhão de dólares e o celular ainda não foi fabricado.

CELULAR REVOLVER

Em 2008 a polícia italiana descobriu o esconderijo da Camorra, organização criminosa e mafiosa da Itália. Nesse esconderijo, a polícia encontrou o que parecia ser um celular do início dos anos 90, podendo realizar ligação e enviar mensagem, mas, ao mesmo tempo, também funcionava como uma arma, sendo capaz de atirar.

Esse celular aparentemente da marca Nokitel pode disparar até quatro tiros de calibre 22 e 38 e já foi encontrado na Itália, Alemanha e Croácia.

CHAMELEPHONE

Pequeno, de formato oval e feito de vidro, chegando a ser confundido com uma decoração de casa, o Chamelephone foi fabricado pela Fujistsu, empresa japonesa de telecomunicações.

A ideia do celular é copiar a superfície onde ele e colocado, assim como um cameleão. Ele se adapta mudando de cor e adquirindo, aparentemente, as características do objeto em que está apoiado.

PROJECT ARA

Celular conceito, feito pela própria Google, é um celular inteiramente desmontável e personalizável. O smartphone é um compartimento onde o usuário precisa preencher, personalizando com os módulos que quiser. Ou seja, é possível adicionar bateria extra, autofalante, memória, câmera, etc. A ideia é adaptar ou dar um upgrade ao smartphone para que fique do jeito que o usuário preferir.

Uma pena, mas, esse celular ainda é um protótipo da Google e não possui previsão de data para estrear no mercado.

FLIP PHONE

Com o formato de um triangulo quando se dobra uma folha de papel, o celular tem três lados com três telas. O usuário pode usar o produto do jeito que quiser, sendo possível escolher utilizar uma, duas ou três telas. Além disso, também é possível executar três aplicativos, cada um em uma tela. A ideia do celular é ser bastante prático e facilitar a vida dos usuários.

Ainda é um protótipo e para ser fabricado precisa do aval de várias outras empresas, além de tecnologias avançadas para funcionar corretamente, por exemplo, não quebrar a tela, não travar nenhum aplicativo, etc. Segundo o designer, criador do aparelho, o Flip Phone pode custar até 100 dólares.

Como falamos no começo desse artigo, a criatividade é o limite para os fissurados em inovação, não é mesmo? Qual desses aparelhos você mais gostou? E já imaginou o celular que gostaria de criar?

Veja Também: